De freshmeat a veterana – 6 dicas mágicas

Naclara/ setembro 18, 2015/ Tutoriais/ 0 comments

E então você logo clica, procurando uma fórmula mágica ou uma maneira de descobrir por que você é “tão ruim” e não vira logo a Bonnie Thunders. Deixa eu te contar uma coisa, mas fica entre nós, porque ninguém tem nada com a sua vida:

Você não é ruim. Se você está preocupada com isso, provavelmente está se esforçando ao máximo para chegar onde quer e… quer saber? Você neste momento é a melhor versão de você mesma que você pode ser.

 

Pode não ser tão boa como a Bonnie Thunders, mas ela também não nasceu de patins e, acredite ou não, um dia ela também foi “bem ruim” (difícil visualizar, mas tenta):

freshmeat malemolente

Você se achando malemolente. Será que a Bonnie já foi assim? Créditos: http://gifsgallery.com/roller+disco+gif

Então aqui vão algumas dicas!

 

1) Coloque seus patins o maior número de vezes que puder

Só tirar e colocar não conta! Você precisa se acostumar com ele, você e ele devem se tornar um só e viverem felizes para sempre (até você achar um que se adapte às suas novas necessidades bonnie-thunderscas e largar aquele patins velhinho que já foi tão remendado).

Quanto mais acostumada a ele, mais saberá como ele responde ao que você faz e mais efetiva você será. Teste diferentes tipos de chão, velocidades, posturas…

Enfim seremos um só. Créditos: https://www.tumblr.com/search/flapjack%20gifs

Enfim seremos um só. Créditos: https://www.tumblr.com/search/flapjack%20gifs

 

2) Faça atividades extras que melhorem suas habilidades no track

Abdominal, flexão, prancha, agachamento, corrida… tudo aquilo que você fugia na academia ou tinha pavor até de pensar, vai acabar descobrindo que são grandes aliados do seu preparo físico. Deixar seu corpo pronto pro esforço, pro desgaste muscular e cansaço causados pelo esporte é fundamental para evitar lesões e te dar aqueles músculos que vão te ajudar a executar aqueles movimentos de patins que você tinha dificuldade e sentia muita dor.

 

3) Veja muitos vídeos, veja muitos jogos

Não sabe como fazer aquele movimento que você tanto quer e não tem nenhuma referência próxima? O Google é seu pastor e (quase) nada te faltará! O que eu já vi de drill pra tentar entender alguns movimentos… haja pacote de dados, haja internet.

E jogos, veja MUITOS jogos. É aí que você entende onde as coisas se aplicam, quais estratégias existem, as pequenas malícias de jogo… No começo vai parecer tudo uma zona, mas uma hora você se acha e quando menos esperar já vai estar narrando mais que Galvão Bueno.

Você encontra alguns links para assistir jogos e drills aqui:

http://pensederby.com.br/links/

 

4) Teste seus limites, sempre

Isso serve tanto para freshmeats quanto pras veteranas. Teste seus limites, saiba até onde vão e tente extrapolar um pouquinho de cada vez. Não precisa ser nada radical, um passinho de cada vez e, quando olhar, já vai estar lá!

 

5) Ache companhia

Para algumas pessoas, treinar sozinho pode ser desestimulante. Encontre uma outra freshmeat que esteja passando pelas mesmas dificuldades, treinem juntas, se apóiem. Ou então peça ajuda às veteranas, elas podem (e devem) te ajudar. Porque no derby, como já dizia Tom Jobim, “é imposível ser feliz sozinho” (obviamente ele só estava se referindo ao derby mesmo, porque na vida tem gente que vive muito bem sozinho e é feliz).

Além do mais, você acaba se sentindo mais envergonhado de fugir dos treinos quando sabe que alguém está de olho.

 

6) Tenha atitude e seja legal

É muito bom ver uma freshmeat empolgada, participando, tentando ajudar no que precisar. É muito importante pra liga ter as pessoas engajadas e ativas. Pode não ser em uma atividade sobre patins, mas estar envolvida com a liga, fazendo ela crescer e se entrosando com seu (futuro) time de maneira positiva também ajuda muito dentro do track. Então deixe seu ego de lado, suas frescuras e mimimi e trabalhe junto pra fazer sua liga crescer. Só assim, quando você for veterana, vai estar tudo na mais perfeita ordem pra você fazer o que você mais quer: jogar!

Agora é só ir pro track! Créditos: http://boutday.com/

Agora é só ir pro track! Créditos: http://boutday.com/

 

Então relaxa que com dedicação e esforço você chega lá aos poucos (uns mais rápidos que outros, não tem problema). Uma hora, quando você menos esperar, vai estar fazendo aquele movimento que você tanto sonhava e ouvirá anjos cantando, cascatas de refrescância e um unicórnio vai passar e cuspir um arco-íris na sua cabeça. E então você saberá que chegou sua hora de passar o conhecimento adiante.

a luz do click

Bonnie, é você??? Ou sou eu mesma??? Créditos: http://thisisrollerderby.tumblr.com/

 

E já que estamos falando em melhorar e nos conhecermos melhor (oi, vc vem sempre aqui?), que tal responder um questionário rapidinho? Leva uns 5 minutos, não contei, mas deve ser… haha. Assim poderemos preparar posts que se encaixem nos seus anseios mais profundos.

http://goo.gl/forms/uqCWXunZeS

Te vejo na próxima!

PS.: Na foto de abertura sou eu, lá em Portugal, super freshmetona, equipamento de segunda categoria, meu querido R3 velhinho (na época era novo como ele só) e uma postura horrível. Não é fácil ser fresh!

Share

About Naclara

Ana Clara Miranda por nascimento. Naclara ou Portu´Gal por batismo de track. Atleta da seleção brasileira de Roller Derby. Treinadora e jogadora da liga Sugar Loathe Derby Girls, do Rio de Janeiro.

Leave a Comment