O Latinoamericano de Roller Derby 2015

Naclara/ outubro 25, 2015/ Inspiração/ 3 comments

Tive que abandonar por longas 2 semanas (eu acho, pareceu uma eternidade) esse site por motivos de: dois fins de semana seguidos indo a São Paulo por conta do derby.
Mas finalmente, vamos ao evento mais esperado do ano (por mim, pelo menos): o LATINOAMERICANO DE ROLLER DERBY!

10984623_448791385294610_3327806385624918650_n

Quem estava ligado nas publicações da página do Pense Derby no facebook pôde assistir o streaming do evento que rolou ao vivo, em alguns jogos com a cobertura de até duas câmeras (somos muito chiques e tecnológicos! hahaha).

 

Em um evento de roller derby desse porte você acaba vivenciando coisas incríveis, jogando ou não. Vou listar aqui o que mais achei incrível dessa experiência.

 

1) Conhecer patinadoras incríveis de diversas partes da América Latina e poder apreciar suas incríveis habilidades:

Primeiramente, babem com essas fotos!

OLHA ESSE PLACAR! AI MEU CORAÇÃO! Metropolitan vs. BARD

OLHA ESSE PLACAR! AI MEU CORAÇÃO! Metropolitan vs. BARD. Foto de Len Rizzo

Que foto incrível do Johnny Derby!!! Clau e Kumbia Nena disputando! <3 Momento suspenso!

Que foto incrível do Johnny Derby!!! Clau e Kumbia Nena disputando!

Momento "Estigia sendo Estigia". Desculpa eu sendo fangirl haha

Momento “Estigia sendo Estigia”. Desculpa eu sendo fangirl haha Foto de Melissa Cruz

rece estar em um mangá pela posição! Johnny derby arrasa nas fotos!

Essa foto da Sakura tá sensacional! Ela parece estar numa cena de mangá! Johnny derby arrasa nas fotos!

Capian Barbosa

Capitan Barbosa iluminada, foto de Johnny Derby

Esse ponto é obviamente o que mais encanta em um evento de roller derby. Mulheres da Argentina, Chile, Colômbia e Brasil jogando no mais alto nível de seus países e mostrando a força que têm. Era um festival de beldades de todos os tipos e estilos, destilando jogadas lindas e levando a torcida à loucura. Eu já não sabia mais para quem torcer, então adotei minha técnica comum de torcer para as jogadas bonitas de qualquer time, porque ficava difícil escolher mesmo.

 

2) Estar no clássico Brasil e Argentina, meu primeiro jogo como seleção:

A vida não é fácil com essas argentinas. Foto de Melissa Cruz

A vida não é fácil com essas argentinas. Foto de Melissa Cruz

Vai, só falta a Hulka! Foto de Morales Pri

Vai, só falta a Hulka! Foto de Morales Pri

Eu e Maki na jammer line *-*

Eu e Maki na jammer line *-* Foto de Michelle Queiroz

Esse foi o jogo que mais esperei durante toda a competição e, apesar de perdermos de 531 a 44 (placar a confirmar), cada ponto, cada passagem foi comemorado. Jogar contra as argentinas, a oitava melhor seleção de roller derby do mundo, já foi uma vitória! Conseguir fazer a primeira passagem por 1, 2 ou 3 delas já era uma conquista! Foi um jogo duro, mas aprendemos muito e as jogadoras de lá são muito boas e gente fina, não dá nem pra ficar triste com a derrota.

 

3) Ver a força do derby que empolgou a todos:

Olha só esse apanhado de algumas das gatas da minha liga que foram assistir o evento! Vamos timeeee!

Olha só esse apanhado de algumas das gatas da minha liga que foram assistir o evento! Vamos timeeee! Foto de Melissa Cruz

Mais gatas da minha liga no Latino! <3

Mais gatas da minha liga no Latino! <3

Isso pra mim foi o maior benefício do Latinoamericano. Vi gente que já estava desistindo do derby (por mil questões) voltar a se empolgar ao ver como é bom quando a coisa toda acontece de verdade, com dedicação de todos e boa organização. É pra isso que estamos aqui, pra levar o roller derby pra frente, pra JOGAR, não pra ficarmos em nossos cantos, escondidxs. Conflitos e confusões vão existir sempre, em qualquer lugar, mas focar no que importa é o que realmente move a gente.

As jogadoras da minha liga que foram ficaram encantadas e ganharam um novo gás que melhorou muito o nível dos nossos treinos. Dava pra ver o brilho nos olhos delas durante o evento e agora mais ainda nos treinos.

 

4) Poder ter narrado dois jogos:

Eu e minha derby wife que veio do sul narrando o jogo das Gray City Rebels contra Sailor City Rollers.

Eu e minha derby wife que veio do sul narrando o jogo das Gray City Rebels contra Sailor City Rollers.

Ser announcer em jogos de roller derby é muito, muito divertido! Você pode assistir o jogo todo, dar uma de Galvão Bueno, fazer piada, comemorar jogadas bonitas (sem ser parcial, só se for bonita mesmo) e ainda treinar suas habilidades de observação de jogo e análise de faltas.

Narrei os jogos das Gray City Rebels de São Paulo x Sailor City Rollers da Argentina com minha maravilhosa derby wife Chu e o das Gray City Rebes x Ladies of Helltown, duas ligas paulistas que conheço de perto. Você pode ver os jogos e escutar as maravilhosas narrações pelo youtube onde ficaram gravados os vídeos do streaming!

 

5) Poder fazer um streaming para todos:

Isso foi uma conquista pessoal que teve a participação de pessoas maravilhosas que entraram de cabeça no projeto. Bilzinho que organizou todo o esquema, Bunitim que criou mecanismos incríveis para o sistema do streaming, Carol que operou belamente os placares, fora diversos outros voluntários que ajudaram a operar as câmeras e o placar. Muito obrigada MESMO a todos! Olhem essas imagens dos bastidores!

O computador do Bilzinho posicionado estrategicamente

O computador do Bilzinho posicionado estrategicamente

Cibelle como camera girl e toda a tecnologia do tripé de cabo de vassoura e fita adesiva.

Cibelle como camera girl e toda a tecnologia do tripé de cabo de vassoura e fita adesiva.

O placar visível a todos e a camera girl

O placar visível a todos e a camera girl

As announcers da vez, Aninha e Biazona, a mesa do computador, a camera girl e o placar

As announcers da vez, a mesa do computador, a camera girl e o placar

 

6) Ver o derby love acontecer entre todos:

Aaaah, o derby love! É algo que contagia e se torna a melhor memória do evento. Foi muita alegria espalhada em 3 dias de evento que ocorreram na maior organização possível e que nenhuma de nós organizadoras esperávamos. Obrigada a todxs que foram e que ajudaram, participaram, suaram e ralaram com a gente. Obrigada Paulinha e Lara por tudo, vocês foram maravilhosas!

Para mim, todos mereceram medalha de ouro e a minha tá bem guardada bem no fundo do coração, uma memória que não esquecerei. Sim, estou sendo brega, mas foi nesse nível de lindeza.

MANDA MAIS ROLLER DERBY QUE TÁ POUCO!

A galera toda reunida! Foto de Johnny Derby

A galera toda reunida! Foto de Johnny Derby

Share

About Naclara

Ana Clara Miranda por nascimento. Naclara ou Portu´Gal por batismo de track. Atleta da seleção brasileira de Roller Derby. Treinadora e jogadora da liga Sugar Loathe Derby Girls, do Rio de Janeiro.

3 Comments

  1. Foi muito maravilhoso e deu um novo gás pra continuar patinando. Que venha o Brasileirão o/

  2. Obrigado pelo teu teor, ele realmente foi sobremaneira bom, achei interessante os pontos que você
    citou, espero controlar participar mais desse conjunto de páginas da Internet.

    1. Obrigada! Continuaremos tentando manter esse padrão!
      Volte sempre! =)

Leave a Comment